Quarta, 06 Julho 2011 23:20

ADIADA PARA DIA 15/7 APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE REAJUSTE REMUNERATIVO DE SERVIDORES FEDERAIS

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

cartaz_greve_2011Mais uma vez o Governo Federal adiou a apresentação de proposta definitiva que contemplasse todas as categorias de servidores – entre os quais os do INCRA –, de níveis superior, intermediário e auxiliar. Os integrantes do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) afirmaram, no entanto, que uma proposta deve ser apresentada na próxima reunião, agendada para quinta-feira (15/7).

 

A alegação desta vez para o adiamento foi choque de agenda de dirigentes do MPOG que tiveram de viajar para a região Norte do Brasil, ficando impossibilitados de se reunirem com os integrantes das entidades de representação dos servidores federais, entre as quais a Confederação dos Trabalhadores do Serviço Público Federal (Condsef).

 

Os detalhes desta reunião podem ser acessados no link abaixo:

http://www.condsef.org.br/portal3/index.php?option=com_content&view=article&id=4992:0607-antes-de-apresentar-proposta-de-politica-salarial-planejamento-diz-que-vai-analisar-distorcoes-no-setor-publico&catid=35:notas-condsef&Itemid=222

 

Pauta do Incra

 

De acordo com o secretário executivo da Condsef, Josemilton Maurício da Costa, uma reunião dos servidores do INCRA com o MPOG já foi solicitada pela Condsef, que aguarda a confirmação pelos integrantes do Ministério.

 

Nesta reunião devem ser tratados todos os temas pendentes, como cumprimento dos acordos assinados em anos anteriores, e melhorias dos índices remunerativos, definidos em eventos nacionais em 2010 e 2011.

 

Mobilizações

 

Em diversos estados do País servidores do Incra participaram esta semana de atividades que cobravam do governo o atendimento das reivindicações da categoria, como cumprimento de acordos assinados e ampliação da remuneração de seus profissionais em todos os níveis.

 

Essas atividades ocorreram das mais diversas formas – desde paralisações e mobilizações em unidades do Incra (como no Amapá e Pernambuco), visita a servidores em seus locais de trabalho na autarquia (em Brasília), bem como passeatas pelas ruas juntamente com profissionais de outros órgãos (Paraná, por exemplo).

 

Pernambuco

 

Servidores do Incra em Pernambuco participam, nesta quarta-feira (6/7), do Dia Nacional de Mobilização da CUT (Central Única dos Trabalhadores), paralisando todas as suas atividades, bem como as da Delegacia Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário no estado. Os servidores em mobilização deliberam que durante este dia de atividades deveriam discutir também a situação da Fassincra.Mobiliza_2_PE_julho_2011

 

Os servidores pernambucanos lutam também pela reforma agrária e pelo cumprimento do acordo assinados no Governo Lula, bem como do atendimento de demandas urgentes e melhores condições no Mobiliza_PE_julho_2011serviço público.

 

Segundo Eduardo Garcia, diretor regional da Cnasi/NE, a mobilização atingiu 100% dos trabalhadores da instituição e que teve como objetivo, entre outros, a valorização das atividades de seus profissionais e do órgão. “Temos um esfacelamento do órgão, pois a cada dia o Governo Dilma perde o interesse pela população mais carente. A nosso ver o Incra é o órgão do Governo Federal responsável pela aplicação da política de redução da miséria no meio rural do Pais”, afirma.

 

Bahia

 

Na Bahia os servidores do Incra participaram, na manhã desta quarta-feira (6/7), no centro da capital Salvador, de panfletagem juntamente com profissionais de outros órgãos federais no estado.

 

A atividade foi realizada em cumprimento à convocação da CUT, neste dia de mobilização pela valorização do serviço público do Brasil. Os baianos do Incra estão inseridos nestas atividades classistas e em outras com aspecto diferenciado, como é o caso da proposta de reestruturação do Plano Fassincra-Saúde, para o qual a Assincra/BA tem um grupo de trabalho formado e buscando soluções para os problemas encontrados.

 

Paraná

 

A Associação dos Servidores do Incra no Paraná (Assincra/PR) participou de mobilização na manhã desta terça-feira (5/7), no centro de Curitiba, quando profissionais de órgãos federais no estado realizaram uma marcha pelas ruas da capital, integrando um dia de mobilização nacional do funcionalismo público.

 

A passeata contou também com a participação dos técnicos administrativos das universidades federais no Paraná, que estão em grevePasseata_curitiba_julho_2011_foto_Daniel_Caron_O_Estado há cerca de 20 dias. Essa é a única categoria federal que já paralisou a atividade no Estado. Participaram ainda da marcha representantes de diversos sindicatos.

 

Os servidores do Incra no Paraná tentam avançar no pagamento integral do acordo salarial firmado em 2008 e que foi parcialmente cumprido, segundo a entidade. Os servidores que passaram em um concurso em 2008 também estão com problemas nas gratificações. "Até hoje a situação não foi resolvida. Além disto, temos enfrentado muitas saídas de servidores e não há reposição no mesmo ritmo. Foi realizado um concurso em 2010 e ninguém foi nomeado. Tudo isto vem desestimulando as pessoas a continuarem no serviço público", esclarece Ener Vaneski Filho, vice-presidente da Assincra/PR.

 

Confira links de matérias sobre a passeata pelas ruas de Curitiba

 

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?tl=1&id=1143925&tit=Servidores-publicos-federais-fazem-manifestacoes-no-Centro-de-Curitiba

 

http://oestadodoparana.pron.com.br/cidades/noticias/30849/?noticia=servidores-federais-realizam-marcha-pelo-centro-de-curitiba

 

Amapá

 

Os profissionais do INCRA no Amapá paralisaram suas atividades no estado nesta terça-feira (5/5), também como forma de pressionar o governo a cumprir acordos assinados em anos anteriores e ampliar a remuneração do quadro de funcionários.

 

ata_amapa_paralisa_julho_2011A decisão foi tomada em assembléia de servidores realizada na manhã da segunda-feira (4/7), que tratou ainda de questões como a proposta de reestruturação do plano Fassincra-saúde.

 

O diretor regional da Cnasi/NO, Geovane Grangeiro, confirmou participação na reunião da Confederação Nacional das Associação dos Servidores do Incra, na tarde desta quinta-feira (7/7), para discutir assuntos relativos à proposta remunerativa dos servidores e outros temas.

 

Mato Grosso

 

Também no estado de Mato Grosso os servidores do Incra realizaram nesta terça-feira (5/7) um dia de paralisação total das atividades da autarquia, acompanhando as deliberações da Cnasi e Condsef no sentido de pressionar o governo no cumprimento de acordos anteriores e para que seja aumentada a remuneração atual.

 

A decisão de realizar a paralisação foi tomada durante plenária ocorrida na sede da Superintendência Regional do INCRA em Mato Grosso. A aprovação da atividade foi aceita por unanimidade. Um representante dos servidores foi enviado a Brasília e participa de reunião da Cnasi nesta quinta-feira (7/7). (Material atualizado às 13h15min, de 07.07.2011)

  

Fonte: Ascom Cnasi

Ler 3273 vezes Última modificação em Terça, 19 Julho 2011 22:30