SERVIDORES DO INSTITUTO EM MARABÁ REALIZAM PLEBISCITO POR UM INCRA MELHOR

PDFImprimirE-mail

Os servidores lotados na Superintendência Regional do Incra no Sul do Pará, sediada em Marabá,  realizaram nesta terça-feira (01/03) um plebiscito para chamar a atenção da população e principalmente dos profissionais do órgão para os problemas de gestão que a autarquia vem sofrendo.

 

“Plebiscito por um Incra melhor” é o nome do evento promovido pela Associação dos Servidores da Reforma Agrária (Assera) em Marabá e que traz os dois questionamentos seguintes:

PERGUNTA 1

VOCÊ CONCORDA COM A FORMA COMO VEM SENDO REALIZADA AS INDICAÇÕES DE PESSOAS (EXTRA-ORGÃO E SEM QUALIFICAÇÃO)  PARA OCUPAR CARGOS DE CONFIANÇA NA SR-27?

PERGUNTA 2:

COMO VOCÊ ACHA QUE DEVERIA SER A ESCOLHA DE NOSSOS GESTORES (SUPERINTENDENTES, CHEFES DE SERVIÇO E DIVISÃO)?

 

A direção da Cnasi apoia totalmente estes eventos, bem como considera altamente pertinente a temática em face dos acontecimentos e investigações policiais e de órgãos de controle, como a CGU, que resultam na exoneração de superintendentes e outros profissionais – principalmente comissionados. O último caso foi a exoneração, nesta segunda-feira (28/02), do superintendente do Incra no Maranhão, Benedito Terceiro, por envolvimento em irregularidades. Meses atrás foi o superintendente do Incra em Mato Grosso do Sul, exonerado também por irregularidades. Outras investigações estão em curso por vários estados e deve ter o mesmo fim – exonerações para os corruptos e sujeira na imagem do Incra.

 

Enquanto isso, os servidores do Incra, que são profissionais qualificados em reforma agrária, continuam sendo desvalorizados pelos gestores, que preferem colocar nos cargos de chefia pessoas desprovidas de ética e competência.

 

Fonte: Ascom Cnasi

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Blogs das Regionais

Links Úteis

sindsepdfasseraincracutfassincracnasi_lutas