SERVIDORES DO INCRA EM SANTA CATARINA SÃO CONVOCADOS A FAZER MOBILIZAÇÃO E DISCUTIR A REESTRUTURAÇÃO DO ÓRGÃO

PDFImprimirE-mail

A Associação dos Servidores do INCRA em Santa Catarina (Assincra/SC) está convocando os profissionais da autarquia no estado para discutirem a situação do órgão, sua reestruturação e uma ação conjunta, principalmente com os outros estados da região Sul do Brasil.

 

A primeira destas mobilizações ocorreu nesta segunda-feira (18/4), quando os servidores discutiram em assembleia, pela manhã, a atual conjuntura da reforma agrária, a atuação do órgão no Sul e em Santa Catarina, bem como a reestruturação ideal para a autarquia. À tarde, os servidores se mantiveram mobilizados e se atualizando com informações a cerca das questões trabalhistas e sobre atuação de movimentos sociais ligados à reformacartaz2_mobilizacao_SC_abril_2011 agrária, já que no momento o ‘abril vermelho’ está sendo realizado em diversos estados.

 

Essa mesma pauta será realizada na próxima segunda-feira (25/4), data em que ocorre o segundo dia de mobilização dos Servidores do INCRA em Santa Catarina.

 

De acordo com a Diretoria de Relações Públicas da Assincra/SC já há uma articulação com as associações dos servidores do INCRA no Paraná e no Rio Grande do Sul para atuarem conjuntamente. Essa atuação não está definida ainda, mas seus detalhes devem ser concluído em breve.

 

A idéia é que as Associações dos servidores do INCRA no Sul do Brasil produzam documento no qual se posicionem contra a proposta de reestruturação que reduz a ação do órgão na região. Segundo tal proposta, o INCRA não precisa ter a estrutura que tem hoje no Sul, pois não desapropria mais terras como no passado. A Assincra/SC considera que a atuação do INCRA em Santa Catarina deve ser direcionada no desenvolvimento dos assentamentos. Esses e outros pontos estão sendo discutidos pelos servidores.

 

Fonte: Ascom Cnasi

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Blogs das Regionais

Links Úteis

sindsepdfasseraincracutfassincracnasi_lutas