Matéria da Folha de S.Paulo Online publicada na tarde desta terça-feira (28) inicialmente informava que os servidores do Incra haviam aceitado a oferta do governo e decido por fim à greve. Como a informação não procede, a pedido do Comando de Greve, o texto foi retificado:

"Durante a discussão da assembleia, servidores do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), que faz parte da Condsef, se mostraram mais resistentes à oferta. Ontem, a entidade que representa os servidores do instituto negou a oferta. "O Comando de Greve no Incra e MDA orienta às bases de servidores que mantenham-se em greve e arregimentem apoio político-parlamentar para que uma proposta que atenda minimamente as reivindicações da categoria possa ser apresentada pelo governo ainda esta semana", afirma nota da Cnasi (Confederação Nacional das Associações dos Servidores do Incra)."

Clique aqui para ler a matéria na íntegra.

MATÉRIA DA FOLHA DE S.PAULO RETIFICADA
Ter, 28 de Agosto de 2012 13:25

GO: em luto, mas, na luta!

Escrito por Greve Incra e MDA 2012
Em mais um dia de mobilização, servidores do Incra/MDA em Goiás vestiram-se de preto para mostrar o descontetamento e a indignação com a proposta apresentada pelo Governo Federal para a categoria. A greve continua! Temos que lutar pela proposta em que acreditamos e merecemos.

A greve do Incra, que completou 70 dias nesta segunda-feira, 27, vai prosseguir. Em assembleias realizadas nos Estados, os funcionários da autarquia decidiram recusar a proposta de reajuste apresentada no domingo pelo governo.

Confira aqui a íntegra da reportagem de “O Estado de São Paulo”.

Acaba nesta terça-feira o prazo que o Executivo deu aos grevistas para aceitar o acordo que garante reajuste de 15,8%, em três anos, a partir de 2013. Apesar de algumas categorias de servidores federais já estarem retornando ao trabalho, policiais e fiscais agropecuários decidiram continuar a paralisação.

Confira aqui a íntegra da reportagem de O GLOBO, que cita a rejeição da proposta pelos servidores do Incra.

Seg, 27 de Agosto de 2012 18:49

BAHIA: Servidores rejeitam proposta

Escrito por Greve Incra e MDA 2012

A assembleia de servidores do Incra/MDA, na Bahia, realizada nesta segunda-feira (27), pela manhã, rejeitou a proposta apresentada pelo Ministério do Planejamento, no domingo (26) ao Comando Nacional de Greve.

Os servidores manifestaram indignação com a oferta, que não recompõe as perdas da categoria e nem traz equiparação a órgãos correlatos do Executivo Federal. A proposta foi recusada por 95% dos presentes na assembleia. Houve 5% de abstenções.

 

100_2643

Foi realizada uma Assembléia Extraordinária nesta manha para análise da proposta do MPOG na Superintendência do INCRA do Médio São Franscisco - SR29/MSF, onde a mesma foi debatida e rejeitada por unanimidade por todos os servidores grevistas.

--

Comando de Greve INCRA SR29/MSF

Em assembleia hoje (27) pela manhã, cerca de 80 servidores do Incra e MDA em Goiás (SR-04) rejeitaram, por unanimidade, a proposta apresentada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) à categoria no domingo (26).

De acordo com o deliberado em assembleia, os servidores continuam em greve por tempo indeterminado. Amanhã (28), todos irão ao Incra vestidos de preto, em luto pela instituição, que agoniza em meio ao descaso do Governo Federal.

A deputada federal Marina Sant'Anna participou da assembleia no final da manhã. Ela sugeriu que os servidores não esgotem a negociação com o Governo Federal e divida a pauta de reivindicações em frações menores. Marina também disse que o núcleo agrário da base governista está solidário com os funcionários do Incra e MDA e pronto para avançar. “Nosso desafio político é fazer com que o Governo se manifeste publicamente sobre sua opção pela agricultura familiar e reforma agrária”, ressaltou.

Os servidores do Incra/RS rejeitaram, em assembleia realizada esta manhã (27), a proposta salarial apresentada no domingo (26) pelo governo. A decisão pelo não aceite foi unânime entre os 38 presentes. Os servidores consideram a proposta extremamente abaixo das reivindicações remunerativas, além de não contemplar o fortalecimento das instituições Incra/MDA.
Página 10 de 33

Blogs das Regionais