Qui, 16 de Agosto de 2012 19:23

BRASÍLIA – APÓS PRESSÃO DE SERVIDORES E DENÚNCIA NA MÍDIA, MINISTRO DO MDA GARANTE NÃO CORTAR PONTO ATÉ SEGUNDA-FEIRA

Escrito por  Greve Incra e MDA 2012
Classifique este artigo
(0 votos)

O Comando Nacional de Greve no Incra e MDA esteve reunido com emissários do ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, para tratar do corte de ponto de servidores do ministério e do Instituto que participam do movimento grevista. Os emissários levaram ao Comando uma proposta do ministro Vargas de que o corte de ponto não seria efetivado até o final da reunião entreIMG_0798_2servidores e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). Após analisar a proposta, o Comando deliberou por aceitá-la, voltando a discutir esse assunto na segunda-feira (20/8).

 

A reunião ocorreu na tarde desta quinta-feira (16/8), em Brasília, quando integrantes do Comando Nacional e da Condsef conversaram por cerca de três horas com IMG_0802_2emissários do MDA e do Incra. O encontro aconteceu no sétimo andar do edifício Palácio do Desenvolvimento, Sede do Incra, sendo que no corredor que dava acesso à sala da reunião cerca de cinquenta servidores faziam vigília e diziam palavras de ordem, como: “se cortar, nós vamos ocupar”.

 

O retrocesso do MDA, em relação ao corte de ponto dos servidores, em greve ocorreu pela pressão dos grevistas em Brasília e todo o País, ao fazerem piquetes na Sede e nas superintendências do Incra, bem como nas delegacias do ministério. Essa pressão teve reflexo também na mídia, pois os servidores denunciaram que o corte de ponto é uma agressão ao direito de greve, principalmente pelo fato de esta ter cumprido todos os prazos e critérios legais.

 

Fonte: Ascom do Comando Nacional de Greve no Incra e MDA

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Blogs das Regionais