Segunda, 13 Mai 2024 07:11

NO RIO GRANDE DO NORTE SERVIDORES REJEITAM POR UNANIMIDADE PROPOSTA DO MGI E DECIDEM INTENSIFICAR A MOBILIZAÇÃO Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Os servidores do Incra no Rio Grande do Norte reunidos em assembleia local, na data de 6/5/2024, decidiram pela REJEIÇÃO POR UNANIMIDADE DA PROPOSTA DO MGI por a considerar que não atende minimamente as reivindicações da categoria – além de manter todos os problemas que têm as carreiras.

Para os participantes, a proposta do MGI ainda manteve as diferenças salariais das duas carreiras e não ampliou o percentual de remuneração do nível intermediário / médio em relação ao superior. A proposta do MGI também não trouxe as requeridas gratificações de qualificação e localidade.

Durante o ato, que ocorreu dentro da campanha “SEGUNDA-FEIRA DE LUTA” em defesa da reestruturação de carreiras, dirigentes de entidades representativas, lideranças e servidores também fizeram repasse de informações e análises sobre o processo de negociação atual, os acordos já assinados e os percentuais de aumento remunerativo acordados entre Governo e categorias do Serviço Público Federal.

Os servidores aproveitaram a atividade para relatar sobre as lutas anteriores por reestruturação. Houve debate de outras formas de mobilização - a exemplo de novas cartas aos parlamentares pedindo apoio e nivelando os acontecimentos nas reuniões com MGI, confecção de faixas, nova convocação para debater e deliberar por operação padrão, estado de greve.

O grupo ainda está analisando marcar reunião com lideranças do MST e com deputados federais do estado para informar o que está acontecendo e que é importante eles discursarem no Plenário em defesa da categoria, para que o programa Terra da Gente saia do papel.

O Incra/RN ainda deliberou que a Cnasi-AN oriente as outras assincras / asseras / seções associativas nos estados a declararem estado de greve para aumentar a pressão no Governo.

Fonte: Assincra/RN

Ler 29 vezes