Segunda, 03 Junho 2024 11:09

INCRA NO PARANÁ AVANÇA NA PAUTA LOCAL, MAS AINDA HÁ UM LONGO CAMINHO A PERCORRER PARA MELHORIA NAS CONDIÇÕES DE TRABALHO Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

os servidores do Incra no Paraná integrantes das duas carreiras (Reforma e Desenvolvimento Agrário e Perito Federal Agrário) mobilizados desde fevereiro deste ano, estiveram reunidos em dois momentos nesta segunda-feira (27/5) – mobilização semanal e reunião para tratar das condições de trabalho na Superintendência Regional.

Primeiramente, dentro da campanha “SEGUNDA-FEIRA DE LUTA” em defesa da reestruturação de carreiras, se deu início às atividades de redação dos manifestos de alerta aos parlamentares do estado sobre as condições estruturais da autarquia no estado nas áreas de ordenamento fundiário e desenvolvimento de assentamentos e da necessidade do fortalecimento institucional do Incra e das carreiras dos seus servidores.

Na sequência, houve reunião com o superintendente regional para debater sobre os avanços no processo SEI 54000.038248/2024-58, que trata das necessidades de melhorias no ambiente de trabalho no Incra/PR.

Em que pese não haver resposta formal no processo (um dos pontos levantados pelos próprios servidores mobilizados e que faz parte da cartilha de boas práticas organizadas pelas entidades representativas dos servidores do Incra), o superintendente se comprometeu a providenciar de imediato junto à Divisão Operacional local, os trâmites necessários para a contratação futura (para 2025) de motoristas terceirizados e mais viaturas. Todos os motoristas oficiais da superintendência regional do Incra no Paraná se aposentaram e em algumas regionais.

No encontro, houve ainda a discussão sobre a necessidade de melhorias no fluxo interno de processos e haverá um espaço permanente de acompanhamento da mobilização em torno das carreiras no âmbito local e nacional, uma vez que se avalia que as negociações com o MGI não avançam e a primeira proposta foi amplamente rejeitada no Paraná, assim como em outros estados.

Fonte: Assincra/PR

Ler 33 vezes