Quinta, 23 Mai 2024 17:20

DESIGUALDADE SALARIAL NO SETOR PÚBLICO: CARREIRAS COM MESMAS FUNÇÕES, MAS SALÁRIOS ATÉ 2,5 VEZES MENORES Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Estudo revela que profissionais que desempenham as mesmas funções, mas têm remunerações significativamente distintas Estudo revela que profissionais que desempenham as mesmas funções, mas têm remunerações significativamente distintas república.org

Estudo encomendado pelo Movimento Pessoas à Frente (MPF) revela uma discrepância alarmante no serviço público: profissionais que desempenham as mesmas funções, mas têm remunerações significativamente distintas. Intitulado Propostas de Modernização do Sistema de Carreiras do Governo Federal, o estudo mostra que, embora as responsabilidades sejam idênticas, os salários apresentam uma divergência impressionante entre diferentes órgãos governamentais.

Um dos casos analisados no estudo é o cargo de analista administrativo em diferentes estruturas do governo federal. O salário inicial pago para os analistas administrativos no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), por exemplo, é 2,5 vezes menor do que aquele oferecido para o mesmo cargo em 10 agências reguladoras. Enquanto os profissionais no Incra começam com um salário de R$ 5.897,29, aqueles que ingressam nas agências reguladoras recebem mensalmente R$ 15.050,25. Ou seja, o analista administrativo do Incra recebe de salário inicial o equivalente a 39,1% daquilo que é pago ao analista administrativo das agências reguladoras.

Confira AQUI a matéria completa.

Fonte: república.org

Ler 86 vezes Última modificação em Quinta, 23 Mai 2024 17:58