Segunda, 13 Mai 2024 06:52

NO RIO DE JANEIRO, SERVIDORES DO INCRA REJEITAM A PROPOSTA DO MGI POR UNANIMIDADE E APROVAM INDICATIVO DE GREVE Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Os associados e associadas da Assincra/RJ, reuniram-se em Assembleia Geral Extraordinária, no auditório da Regional da autarquia agrária no Rio de Janeiro, em 8/5/2024, para apreciar e deliberar sobre a proposta apresentada pelo Governo por meio do MGI às entidades representativas nacionais da categoria no dia 02/05.

A Assembleia teve início às 14h, em segunda convocação, e foi aberta pela diretora da Secretaria-Geral, Rosane Rodrigues da Silva, que registrou a presença também da diretora da Secretaria de Finanças Nizete Reston e dos diretores do Sindisep/RJ, Raul e Carlinhos.

Após aprovação de contas Assincra/RJ da gestão 2021/2024, houve apresentação da contraproposta do Governo em powerpoint que feito os esclarecimentos do grupo pela Associação e o Sindisep/RJ, abriu-se o debate e deliberação da mesma - tendo sido a contraproposta do MGI REJEITADA POR UNANIMIDADE.

Em seguida, debateu-se sobre a possibilidade de se apresentar uma proposta intermediaria ao Governo, o que foi rejeitado pela maioria dos presentes - reafirmando os termos da proposta original apresentada em mesa de negociação, por entender os servidores que ela apresenta parâmetros estabelecidos pelo MGI. Grupo considerou um desrespeito do Governo com a categoria ao desconsiderar os princípios dela constantes.

O coletivo ainda APROVOU O INDICATIVO DE GREVE e formação de um GRUPO DE MOBILIZAÇÃO da Regional que elaborará cartazes e faixas para serem afixados nos murais e portaria do prédio do Incra/RJ e no prédio do Incra na Santo Amaro. As faixas e cartazes terão as marcas da Assincra/RJ e Sindisep/RJ.

OFICINA DE PLANEJAMENTO
Servidores do Incra debatem sobre a reestruturação de carreiras do Incra durante a Oficina de Planejamento Estratégico realizada no Rio de Janeiro no início da semana - na segunda e terça-feira, dias 6 e 7/5/2024.

Tendo sido feito na terça-feira um momento de conversa dos servidores com o diretor de Gestão Estratégica do Incra, Gustavo Noronha, que também servidor de carreira da autarquia.

Noronha revelou sua frustração com a proposta apresentada pelo MGI. Ele também respondeu a questionamento de servidores sobre a frustração do público do Incra com a precária capacidade operacional e desmotivação dos trabalhadores da autarquia após a última mesa de negociação.

O evento no Rio de Janeiro é mais um para tratar de Oficina de Planejamento Estratégico realizadas nos estados, mas que o assunto valorização profissional e reestruturação de carreiras é posto no debate pelos servidores com gestores e outros participantes. Isso, mostra que a melhoria na atuação do órgão deve ser atrelada às condições de trabalho e aumento de remuneração da categoria (níveis médio / intermediário e superior), com gratificações de qualificação e localidade – como defende as reivindicações entregue em documentos ao Governo atual desde 30 de outubro de 2023.

Fonte: Assincra/RJ

Ler 27 vezes