Quinta, 22 Fevereiro 2024 16:57

RBA - MOBILIZADOS, SERVIDORES DO SETOR AGRÁRIO AGUARDAM REUNIÃO COM GOVERNO EM MARÇO Destaque

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)
Em Brasília, os servidores realizaram manifestação no Bloco C da Esplanada dos Ministérios, onde ficam setores do MDA e MGI Em Brasília, os servidores realizaram manifestação no Bloco C da Esplanada dos Ministérios, onde ficam setores do MDA e MGI Ascom Cnasi-AN

Servidores federais dos setores agrários e fundiários do Incra, Ministério do Desenvolvimento Agrário e Serviço do Patrimônio da União fizeram na segunda-feira (19/2) o terceiro dia nacional de mobilização. O conjunto de trabalhadores reivindica reestruturação das carreiras, reposição de perdas inflacionárias, valorização profissional e o fortalecimento dos órgãos e das políticas públicas para o setor.

Em 30 de outubro de 2023, representados pela Condsef e a CNASI-Associação Nacional, servidores entregaram ofícios ao governo com as reivindicações das categorias. Em meados de janeiro, a direção do Incra e representantes do MDA se reuniram com o Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), que resultou em um pré-agendamento de reunião para 14 de março, no âmbito da 2ª Reunião da Mesa Específica e Temporária — que os servidores aguardam.

Um encontro, aliás, que pode mudar. “Além disso não temos mais nada. O Governo não sinalizou com mais nada, nem com atendimento de proposta, nem chamou para conversar”, disse à RBA o dirigente da CNASI, Reginaldo Aguiar.

Ofício à deputada Gleisi
Como parte da jornada de lutas, na quinta-feira (15/2), dirigentes da Associação Nacional dos Servidores Públicos Federais Agrários entregaram cópia de ofício sobre defesa da reestrutura das carreiras à presidenta do PT, deputada Gleisi Hoffmann. A entrega foi durante reunião de apresentação de um convênio entre as cooperativas do MST e a Itaipu, visando a prestação de assistência técnica.

Na ocasião, o diretor da entidade [Cnasi-AN], Claudio Santi, falou sobre a situação de colapso do Incra, o que dificultaria a implantação das políticas pretendidas pelo governo Lula. Gleisi argumentou sobre o concurso público com pessoal para o Incra, e Claudio destacou a insuficiência para suprir a demanda, já que o órgão precisa de uma série de ações para se tornar mais eficiente. É o caso de orçamento apropriado, gestão qualificada, condições de trabalho e valorização dos servidores, por meio da reestruturação de carreiras.

Fonte: Rede Brasil Atual

Ler 255 vezes Última modificação em Quinta, 22 Fevereiro 2024 17:02